Informações valiosas
geram economia
No blog da Purilub você fica sempre bem atualizado. Acompanhe nossas postagens.
05/09/2016 às 10:30
PARTICULADO SÓLIDO PRESENTES NO ÓLEO
PARTICULADO SÓLIDO PRESENTES NO ÓLEO

Qual o peso do Particulado Sólido presente no óleo?

Esta é uma das questões mais difíceis de se responder, pois o particulado sólido presente no óleo é oriundo de diversos materiais e, consequentemente, possuem densidades diferentes.

Num passado não muito remoto, cada fabricante dizia que seu filtro tinha uma determinada capacidade de filtragem e ninguém podia contestar, pois não havia uma norma que definisse filtros, capacidade de retenção e afins. Daí a origem do termo filtração NOMINAL!

Assim sendo, por mais paradoxal que pareça, a 1ª providencia foi normalizar o contaminante, pelo menos para efeito de testes comparativos. Definiu-se como contaminante padrão, inicialmente, o pó da poeira do deserto do Arizona, por sua morfologia e abundancia. Evidentemente que, hoje em dia, utiliza-se um material sintético, com forma e densidade controlados em substituição ao pó do deserto.

Conhecida a densidade do contaminante, o outro problema a ser resolvido é a determinação da referência em termos de grau de contaminação, com base em alguma norma usual para o mercado, por exemplo a NAS 1638.

quer saber mais? clique AQUI!

FAÇA PARTE DOS NOSSOS CASES DE SUCESSO! VAMOS AO ENCONTRO DA SUA NECESSIDADE
Preencha o formulário abaixo e receba informações e conteúdo sobre esse serviço. Fique sempre atento às novidades da Purilub
Política anti-spam. Estamos comprometidos em resguardar suas informações.
Leia também
Remoção de verniz de mancais de turbinas a gás ou a vapor
Purilub é nomeada DIstribuidor Especialista da Donaldson
PURILUB equipe 100%
Flushing em tubulações